GT MULHERES NA ENGENHARIA



O GT

Coordenação: Adriana Maria Tonini
Vice-coordenação: Neusa M. F. Oliveira
Secretaria: Vanessa B. Schramm

Objetivo: Propor iniciativas para redução da desigualdade de gêneros nas áreas de engenharia
Objetivos específicos:
1) Promover discussões sobre a presença de mulheres na Engenharia para entender as causas que levam à discrepância de gênero nos cursos destas áreas;
2) Estimular iniciativas para motivar mulheres em Engenharia;
3) Propor políticas para aumentar o interesse de meninas e jovens pelas carreiras de STEM (Science, Technology, Engineering and Mathematics) e apoiar as graduandas na conclusão de seus cursos de Engenharia;
4) Fortalecer o papel das mulheres na ABENGE;
5) Buscar parcerias com associações internacionais de mulheres nas engenharias para trocas de experiências.
6) Acompanhar a inserção das mulheres em Engenharia no mercado de trabalho;

Metas para os dois primeiros anos do GT:
1) Levantamento qualitativo e quantitativo sobre a participação de mulheres na Engenharia.
2) Promover sessões plenárias “Mulheres na Engenharia” nas edições do COBENGE.
3) Realizar uma sessão especial no COBENGE 2022 para apresentação de trabalhos com iniciativas para promoção de mulheres na engenharia realizadas em todas as regiões do país.
4) Desenvolver, na ABENGE um modelo de ações/iniciativas passíveis de realização pelas IES do país para atrair meninas aos cursos de engenharia.

Representantes Regionais do GT Mulheres na Engenharia
Região Norte:
Danielle Regina da Silva Guerra, UFPA
Região Nordeste:
Ioná Ma. Beltrão Rameh Barbosa, IFPE
Vilma Maria Suderio, UFCG
Região Centro-Oeste:
Dianne Magalhães Viana, UnB
Região Sudeste:
Lilian Berton, UNIFESP SJC
Paloma Maria Silva Rocha Rizol, UNESP de Guaratinguetá
Valéria Saldanha Motta, IME-RJ
Região Sul:
Maria Bernadete de Morais França, UEL